TOP 3 – Filmes Fofos

Eu adoro qualquer tipo de gênero no cinema! Assisto desde aqueles filmes água-com-açúcar até aqueles a la tarantino! Mas esses tempos tenho descoberto umas séries de filmes drama-romance-comédia, que eu defino como “fofos”, que eu me apaixonei! Além de conter histórias lindas e ótimos atores, são muito bem feitos também! Resolvi fazer um TOP 3 pra indicar pra vocês esses filmes que eu amei de primeira e que vejo que são de atores super populares, mas não são muito reconhecidos por aí! Pra vocês que amam se apaixonar com os personagens, chorar de tanta fofura e ficar feliz, se preparem!

  • A Arte da Conquista

emma-roberts-art-of-getting-by-poster

Quando vi esse filme na locadora com o nome “A arte da conquista” logo pensei que era mais uma dessas comédias românticas sem sal e mal feitas. Até que vi que o filme era feito pelo Freddie Highmore. Sou completamente apaixonada com ele, gente!

O filme conta a história de George, um garoto anti-social que não vê sentido em nada. Pra ele, já que vamos morrer um dia, porque se importar? Enquanto isso, George, no último ano do colégio, passava pela pressão de entrar em alguma universidade e de nunca ter feito nenhuma tarefa na vida! Até quando ele começa a conversar com Sally, uma garota que estuda com ele! E aí o filme desenrola a relação dos dois e como o George se desenvolve a partir dessa relação.

tumblr_mu3vjkmycR1shqreqo1_500

Fiquei fascinada com esse filme! É um filme totalmente delicado e que trata  lindamente da relação dos dois personagens! Emma Roberts me surpreendeu (tanto que ela aparece em mais um filme desse top 3) e a atuação do Freddie Highmore foi fantástica! Ele consegue fazer esses garotos perturbados melhor do que ninguém e faz você se apaixonar pelo personagem! Roteiro fantástico e a trilha sonora então?? Nem se fale! Vale muito a pena!

art-of-getting-by-1

  • Se Enlouquecer Não Se Apaixone

its-kind-of-a-funny-story-poster

Mais um filme que também demorei pra assistir por causa da tradução: Se enlouquecer não se apaixone (Qual será o problema desse povo que faz tradução de título??). Mais um filme com a Emma Roberts e mais um filme sobre um garoto meio perturbado! <3

A história é sobre Craig, um garoto perturbado que se interna em uma clínica psiquiatrica na ala adulta, já que a ala dos menores estava fechada. Lá, ele conhece o Bobby, personagem de Zach Galifianakis (outro que adora fazer um papel de doido), que vira o melhor amigo e mentor dele e Noelle, com quem cria uma história linda. E o filme vai se desenrolando nas interações de Craig dentro da clínica nos 5 dias mínimos que foram impostos pra ele ficar lá e nas relações de loucura e “normalidade” dos personagens.

69912_gal

Confesso que esperava um pouco mais da atuação do personagem principal porém o filme é ótimo! É simples e é fofa demais a maneira que eles retratam os jeitos e as relações dos personagens. Fica o destaque não só para o casal da história, Craig e Noelle mas também para a amizade do Craig com todos os outros internos da clínica. O roteiro mais uma vez arrasa nos diálogos e frases que ensinam muito pra gente! Vale estar no top 3 de filmes fofos!

its-kind-of-funny-story_large

  • Moonrise Kingdom

MoonriseKingdom

Esse filme do Wes Anderson é assim como o seu diretor: puro amor! Completamente apaixonante, com uma fotografia perfeita, cores totalmente Wes Anderson e personagens que dá vontade de apertar! Nunca achei que um filme de um amor infantil ia me prender tanto!

Sam é um escoteiro que se sente totalmente deslocado no meio em que vive. Ele conhece Suzy em uma peça de teatro que ela atua e começam a trocar cartas sempre até decidirem fugir juntos! Enquanto todo mundo faz de tudo pra encontrá-los, eles juntos vagam descobrindo novas coisas e como é o primeiro amor! Ah! O filme se passa na década de 60!

Moonrise Kingdom 2

Merecidamente, ele concorreu ao Oscar de melhor roteiro original e é totalmente aclamado pela crítica. Ele faz você pensar que é um filme de sessão da tarde a la ABC do amor, porém surpreende na delicadeza e nas interpretações do casal de atores. É um amor infantil, porém tão diferente que faz você ver o filme de uma forma totalmente nova. Tudo muito lindo e bem feito (Já falei da fotografia maravilhosa, né?).

moonrise-kingdom-22

Esse foi meu TOP 3 de filmes fofos com personagens perturbados e apaixonantes! Juro que vocês não vão se arrepender de assistir esse filmes! Depois me contem o que acharam, hein?

Música: VMA 2013

Ontem, 25 de Agosto, aconteceu o MTV Video Music Awards, o VMA. Uma das maiores premiações da música americana, o VMA enaltece os melhores videoclipes do ano. Criado em 1984 pela MTV com o intuito de ser uma alternativa ao Grammy Awards, o VMA é considerado um evento importante pro mundo da música.

Vejam alguns looks da noite:

taylor-swift- Herve Leger e prada
Taylor Swift, Selena Gomez, Katy Perry e Iggy Azalea.

Minha preferida foi Taylor Swift. Amei o vestido e esse penteado vintage chique dela tava lindo! Maquiagem sempre impecável, com olho puxado pro prata e uma lembrança de azul, com batom vermelho de sempre. Maravilhosa.

Ciara, Chanel Iman, Allison WIlliams e Shailene Woodley.
Ciara, Chanel Iman, Allison WIlliams e Shailene Woodley.

E esse Valentino da Allison Williams eu achei a coisa mais fofa da noite! Adorei o estilo gracinha meio romântico do mini. E a maquiagem cheia de cílios e com os olhos bem iluminados também arrasou.

Lady Gaga, Miley Cyrus e Rihanna.
Lady Gaga, Miley Cyrus e Rihanna.

Parte oi? da noite. Lady Gaga sendo Lady Gaga e Miley fazendo jus a fase bizarra pela qual está passando. Rihanna fugiu do red carpet e chegou à premiação vestindo jeans e camiseta! O tédio exalava da moça, gente!

Joseph Gordon-Levitt
Joseph Gordon-Levitt

Além dos looks, achei bem notável a presença do queridíssimo Joseph Gordon-Levitt no VMA. Ele apresentou o prêmio de “Video of the year” e entregou o moonman para Justin Timberlake, outro destaque na noite com uma apresentação de tirar o fôlego. A performance do Justin contou ainda com a volta de NSync! Sim, eles se reuniram e fizeram uma mini dancinha que foi suficiente pra levar todo mundo à loucura!

Justin Timberlake
Justin Timberlake

As performances da noite ficaram por conta de: Lady Gaga, Miley Cyrus, Robin Thicke, Kanye West, Justin Timberlake, Macklemore & Ryan Lewis, Drake, Bruno Mars e Katy Perry. Acredito que depois de Justin Timberlake, os outros perderam a graça. Mas enfim…

Mafê deixou a opinião dela bem clara: “Achei o VMA, no geral, chato! O que salvou pra mim: A apresentação foda do Justin e NSync, One Direction (sim, eles são meu guilty pleasure), Pharell lindo e o Daft Punk! Acho que só! O VMA esta cada vez mais teen e isso vem me dando uma preguiça danada! Cadê o VMA com aquelas super aberturas? Lady Gaga é a preguiça em forma de gente e a apresentação final da Katy Perry teria sido muito legal se ela não tivesse desanimada e feito um pouco de playback! Pra mim faltou algo que cativava o público…”

Pharrell Williams
Pharrell Williams

Mafê adora o Pharrell, que, junto com Daft Punk, presentou a categoria “Best female video” e entregou o moonman para a linda da Taylor Swift.

BSkMqUqCIAAbkwE
E Harry Styles, do One Direction, que não aguentou a fome e mandou pra dentro uma bela d’uma mexerica. Cascas debaixo da poltrona, tudo bem, tudo certo!

Pra encerrar, confiram a lista dos vencedores da noite:

  • Melhor vídeo pop – Selena Gomez – “Come and get it”
  • Melhor colaboração – Pink e Nate Ruess – “Just give me a reason”
  • Melhor clipe de rock – 30 Seconds To Mars – “Up in the air”
  • Clipe de hip hop – Macklemore & Ryan Lewis feat. Ray Dalton – “Can’t hold us”
  • Direção – Justin Timberlake feat. JAY Z –  “Suit & tie”
  • Edição – Justin Timberlake – “Mirrors”
  • Efeitos visuais – Capital Cities –  “Safe and Sound”
  • Direção de arte – Janelle Monáe feat. Erykah Badu – “Q.U.E.E.N”
  • Coreografia – Bruno Mars –  “Treasure”
  • Fotografia – Macklemore & Ryan Lewis feat. Ray Dalton – “Can’t hold us”
  • Vídeo com mensagem social – Macklemore & Ryan Lewis – “Same love”
  • Clipe feminino – Taylor Swift – “I knew you were trouble”
  • Artista para ficar de olho – Austin Mahone – “What About Love”
  • Música do verão – One Direction –  “Best song ever”
  • Clipe do ano – Justin Timberlake – “Mirrors”
  • Clipe masculino – Bruno Mars – “Locked out of heaven”

 

 

Seriado: Friends with benefits

E aí galera! Vim fazer mais um post sobre uma série que eu descobri no Netflix e adorei! Friends with benefits (sim, é o mesmo nome do filme do Justin Timberlake e da Mila Kunis) é uma das séries summer season da NBC de 2011. A série conta a vida de um grupo de amigos, sendo que dois deles tem uma amizade colorida. Enquanto Ben e Sara procuram pela pessoa perfeita, eles se beneficiam, se é que vocês me entendem! Os dois colocam defeitos em todos os encontros que têm e a série vai girando em torno dessa relação deles com os amigos! Além do “casal” principal, no grupo de amigos tem a Riley, a colega de quarto da Sara, que é bem doidinha, o Aaron, um milionário nerd que não leva jeito nenhum com mulheres (eu apaixonei nele gente!) e o Fitz, que mora com o Aaron.

Fitz, Ben, Sara, Riley e Aaron.
Fitz, Ben, Sara, Riley e Aaron.

Agora vamos à minha opinião: A série é divertidíssima, me peguei gargalhando várias vezes e é super fofa também! A notícia triste é que ela só tem uma temporada de 13 episódios. Não consegui descobrir porque a NBC só fez uma temporada, mas acho que é pelo fato dela ser uma summer season mesmo. Mais uma coisa que logo que eu comecei a assistir já percebi e depois que fui pesquisar sobre a série na internet, todo mundo fala também: Ela tenta bastante se parecer com Friends. Não sei se é proposital, ou pelo fato de ser o mesmo produtor, ou pela onda de grupo de amigos. O próprio grupo de amigos tem um “Central Perk”, que no caso é um bar, aonde eles sempre se encontram. É naquele estilo de ter o casal principal e girar em torno do relacionamento deles e dos melhores amigos. Mais uma coisa igual e interessante: Todos os títulos dos episódios começam com The Benefit of…, assim como em Friends era The one with the… 

Ben e Sara
Ben e Sara

Não acho que seja uma cópia fajuta porque a série tem o mesmo produtor e é do mesmo estilo de Friends. Ela consegue nos divertir assim como Friends também faz. Óbvio que não da pra comparar, tanto que Friends with benefits não vingou e ficou só nesta primeira temporada mesmo. Mas mesmo assim, dá pra passar um tempo legal. Eu assisti os 13 episódios em um dia só, são bem tranquilos de meia horinha só e você vai ficando bem curiosa pra ver as novas histórias e ver o que vai acontecer. Ah! E a série é do mesmo criador daquela Arrested Development, que ta todo mundo falando bastante agora!

POST2

Pra quem quiser assistir, a temporada toda está disponível no Netflix (recomendo assinar, pra mim vale muito a pena! E quem não quiser assinar, dá pra fazer o cadastro lá e ter um mês grátis, depois é só cancelar!). Também tem no Séries Free, mas lá é só até o episódio 11! Recomendo muito pra passar um tempo bom. Adoro esses temas que são engraçados e românticos! Fica aí a dica! Depois comentem o que acharam da série!