Estilo: Lana Del Rey

Lana Del Rey é uma cantora e compositora norte-americana que tem feito muito sucesso com suas músicas de estilo clássico, tipo anos 50, e que eu adoro. Lana esteve no Brasil para alguns shows e superou todas as minhas expectativas. Além de sua beleza estonteante, a forma como ela trata os fãs é impressionante. Muito carinhosa e atenciosa, ela deu um jeito de atendê-los várias vezes durante sua estadia no país.

No Brasil, Lana passou por Belo Horizonte, São Paulo e  Rio de Janeiro.

Sem Título-1

Fui ao show dela em São Paulo, no Planeta Terra Festival, e juro que fiquei encantada com essa moça. Há quem diga que as músicas dela dão sono, mas eu só posso discordar! A energia que ela passa enquanto canta é muito boa e a voz dela é incrível. Mas enfim, já sabemos que ela é maravilhosa… agora olha só como, em toda sua maravilhosidade, Lana usa roupas normais no dia-a-dia (diferente de seus looks “clássicos” dos shows) e, gente-como-a-gente, repete peças e sapatos e adora um jeans. (E esse boné, é de estimação?)

Sem Título-2

Pra quem quiser, aqui esta o áudio do show da Lana no Planeta Terra.

Anúncios

Música: AM, novo álbum do Arctic Monkeys.

Inaugurando o papo sobre música aqui no blog, venho falar sobre um lançamento dessa semana: o álbum AM do Arctic Monkeys.
Arctic Monkeys é uma banda indie rock da Inglaterra que tá por aí desde 2002! Eles já lançaram 5 álbuns (incluindo esse) e não param de me surpreender. Quem me conhece sabe o quanto adoro eles e acompanho desde o primeiro disco  que lançaram!

Assim que vazou esse álbum novo, fui logo baixar pra ver qual seria a pegada dessa vez. Estava meio decepcionada com os dois últimos álbuns porque estava super ansiosa para o lançamento e quando fui escutar, na maior pilha, acabei não gostando. E não foi só eu, todo mundo caiu em cima, principalmente do terceiro, o Humbug. Apesar de cada álbum dos macacos árticos terem uma pegada diferente, esses dois últimos não surpreenderam. Devido as minhas decepções, fui escutar esse álbum bem crua, sem tentar imaginar o que viria por aí, nem ficar botando muita esperança e no final: me surpreendi e dessa vez de um jeito bom!

Arctic-Monkeys-AM-artwork1
Capa do álbum no mesmo estilo do clipe de Do I Wanna Know!

A primeira faixa é o single já lançado Do i I wanna know. Essa tô elegendo pro meu top 3 já! Apaixonei na batida, no clima e na letra. Ela já inicia todo o clima rock n roll que veremos no álbum todo! Ouça e veja você mesmo:

A segunda é a já conhecida também, R U Mine?. Essa tive o prazer de escutar ao vivo quando eles a apresentaram no Lollapalooza. É tipo aquelas músicas viciantes que você não cansa de ouvir o tempo todo! Ela você também pode escutar aqui:

One for the road: Essa é o ponto alto da participação de Josh Homme (vulgo homem da minha vida), do Queens of the Stone Age na produção do disco. Sou suspeita, adorei.

Arabella é pesada, é rock n roll clássico. Só isso já diz o porque eu amei.

I Want It All: Essa também é rock clássico, mas é a faixa mais simples do álbum, acho que ficou como a minha menos preferida.

No. 1 Party Anthem. Já posso começar dizendo que apaixonei? Mais uma vez sou suspeita, pois tenho um negócio com baladas que nem sei explicar. Mas essa me tocou lá no fundo!

Em Mad Sounds o AM chega com mais uma balada. Melodia linda, o vocal calmo do Alex Turner apaixona qualquer um, mas me deixou um pouco melancólica!

Depois de cair na depressão (coisa que eu amo quanto to escutando música!) em duas faixas, vem Fireside que tá na transição do desânimo para o ânimo! A melodia é uma delícia, mas o vocal ainda me traz uma pegada melancólica, o que combinou demais com a letra.

Why’d You Only Call Me When You’re High é mais um single do álbum. Letra clássica pra quem faz besteira toda vez que toma algumas e achei a música mais indie do álbum! Ela já tem videoclipe e é épico! Dá uma olhada:

Em Snap Out of it, os monkeys trazem uma pegada mais pop rock. Música divertida que dá vontade de acompanhar o ritmo dançando! To com o “Snap out of it” falsete do refrão até agora na cabeça!

Knee Rocks é sombria, o que me lembrou um pouco o novo álbum do Queens of the Stone Age, totalmente explicado mais uma vez pela presença do Homme na produção do AM. Ah! E o Josh Homme também participa dos backing vocals nessa! Amo!

Pra finalizar o álbum vem I wanna be yours. Fecha o álbum lindamente com a letra amor-exagerado e a melodia calma e um pouquinho sombria também. Eu deixo você ser meu aspirador de pó, minha loção hidratante, o que quiser, Alex Turner.

Deu pra perceber que eu amei o ábum né? É isso o que eu mais gosto no Arctic Monkeys, que em cada álbum eles nos trazem um som completamente novo! Todos os álbuns deles são únicos e não ficam presos em um estilo só. Esse álbum achei muito foda, toda a composição das músicas e a participação do lindo do Josh Homme. Álbum muito Rock n Roll, com uma total influência do Queens of The Stone Age (outra banda que eu amo, né?) e vale muito um 10!

tumblr_me0xl6roGQ1qezgbbo1_500
Josh Homme, do Queens of the Stone Age e Alex Turner.
Parceria linda!

Quer baixar? O lançamento oficial dele foi nessa semana mesmo, então é só dar uma procurada pelo mundo dos downloads ilegais que dá pra achar o álbum todinho! Aproveitem ele e me contem o que acharam!!

Música: VMA 2013

Ontem, 25 de Agosto, aconteceu o MTV Video Music Awards, o VMA. Uma das maiores premiações da música americana, o VMA enaltece os melhores videoclipes do ano. Criado em 1984 pela MTV com o intuito de ser uma alternativa ao Grammy Awards, o VMA é considerado um evento importante pro mundo da música.

Vejam alguns looks da noite:

taylor-swift- Herve Leger e prada
Taylor Swift, Selena Gomez, Katy Perry e Iggy Azalea.

Minha preferida foi Taylor Swift. Amei o vestido e esse penteado vintage chique dela tava lindo! Maquiagem sempre impecável, com olho puxado pro prata e uma lembrança de azul, com batom vermelho de sempre. Maravilhosa.

Ciara, Chanel Iman, Allison WIlliams e Shailene Woodley.
Ciara, Chanel Iman, Allison WIlliams e Shailene Woodley.

E esse Valentino da Allison Williams eu achei a coisa mais fofa da noite! Adorei o estilo gracinha meio romântico do mini. E a maquiagem cheia de cílios e com os olhos bem iluminados também arrasou.

Lady Gaga, Miley Cyrus e Rihanna.
Lady Gaga, Miley Cyrus e Rihanna.

Parte oi? da noite. Lady Gaga sendo Lady Gaga e Miley fazendo jus a fase bizarra pela qual está passando. Rihanna fugiu do red carpet e chegou à premiação vestindo jeans e camiseta! O tédio exalava da moça, gente!

Joseph Gordon-Levitt
Joseph Gordon-Levitt

Além dos looks, achei bem notável a presença do queridíssimo Joseph Gordon-Levitt no VMA. Ele apresentou o prêmio de “Video of the year” e entregou o moonman para Justin Timberlake, outro destaque na noite com uma apresentação de tirar o fôlego. A performance do Justin contou ainda com a volta de NSync! Sim, eles se reuniram e fizeram uma mini dancinha que foi suficiente pra levar todo mundo à loucura!

Justin Timberlake
Justin Timberlake

As performances da noite ficaram por conta de: Lady Gaga, Miley Cyrus, Robin Thicke, Kanye West, Justin Timberlake, Macklemore & Ryan Lewis, Drake, Bruno Mars e Katy Perry. Acredito que depois de Justin Timberlake, os outros perderam a graça. Mas enfim…

Mafê deixou a opinião dela bem clara: “Achei o VMA, no geral, chato! O que salvou pra mim: A apresentação foda do Justin e NSync, One Direction (sim, eles são meu guilty pleasure), Pharell lindo e o Daft Punk! Acho que só! O VMA esta cada vez mais teen e isso vem me dando uma preguiça danada! Cadê o VMA com aquelas super aberturas? Lady Gaga é a preguiça em forma de gente e a apresentação final da Katy Perry teria sido muito legal se ela não tivesse desanimada e feito um pouco de playback! Pra mim faltou algo que cativava o público…”

Pharrell Williams
Pharrell Williams

Mafê adora o Pharrell, que, junto com Daft Punk, presentou a categoria “Best female video” e entregou o moonman para a linda da Taylor Swift.

BSkMqUqCIAAbkwE
E Harry Styles, do One Direction, que não aguentou a fome e mandou pra dentro uma bela d’uma mexerica. Cascas debaixo da poltrona, tudo bem, tudo certo!

Pra encerrar, confiram a lista dos vencedores da noite:

  • Melhor vídeo pop – Selena Gomez – “Come and get it”
  • Melhor colaboração – Pink e Nate Ruess – “Just give me a reason”
  • Melhor clipe de rock – 30 Seconds To Mars – “Up in the air”
  • Clipe de hip hop – Macklemore & Ryan Lewis feat. Ray Dalton – “Can’t hold us”
  • Direção – Justin Timberlake feat. JAY Z –  “Suit & tie”
  • Edição – Justin Timberlake – “Mirrors”
  • Efeitos visuais – Capital Cities –  “Safe and Sound”
  • Direção de arte – Janelle Monáe feat. Erykah Badu – “Q.U.E.E.N”
  • Coreografia – Bruno Mars –  “Treasure”
  • Fotografia – Macklemore & Ryan Lewis feat. Ray Dalton – “Can’t hold us”
  • Vídeo com mensagem social – Macklemore & Ryan Lewis – “Same love”
  • Clipe feminino – Taylor Swift – “I knew you were trouble”
  • Artista para ficar de olho – Austin Mahone – “What About Love”
  • Música do verão – One Direction –  “Best song ever”
  • Clipe do ano – Justin Timberlake – “Mirrors”
  • Clipe masculino – Bruno Mars – “Locked out of heaven”